Como desenvolver a estrutura de um site?

Conheça os 4 tipos mais comuns para organizar as páginas do seu site e ter um excelente resultado na navegação e usabilidade dele.

Você está iniciando um novo projeto de website? Bem, a primeira coisa que você deve fazer é escolher e desenvolver a estrutura do seu site.

Se você ainda não tiver uma idéia básica de como apresentará as informações em seu site, será difícil, se não impossível, organizá-lo.

As estruturas do website são o primeiro passo para construir uma arquitetura de informação incrível, algo que separa bons websites de experiências incríveis.

Você vai querer investir tempo na seleção da estrutura certa do site agora, porque ela pode ajudá-lo no futuro. As tendências e as necessidades dos clientes podem mudar rapidamente, e os sites muitas vezes precisam ser atualizados.

Se você quiser evitar a dispendiosa tarefa de fazer as coisas mais tarde, você vai querer escolher uma estrutura que dure ao longo do tempo.

Escolher ela de forma correta desde o início é a melhor maneira de fazer isso; entretanto, você deve deixar espaço para mudanças ao longo do tempo.

Os quatro tipos de estruturas do site

Se você já foi encarregado de desenvolver um site a partir do zero, provavelmente já sabe como pode ser difícil saber por onde começar.

Muitos designers novatos podem optar por começar com um tema, porém quando você está desenvolvendo sites personalizados, e sites maiores, um tema pré-construído pode não ser o mais adequado para ele.

Todos os sites têm uma estrutura organizacional básica que se enquadra em dos quatro tipos abaixo. Estas estruturas de sites (ou uma combinação delas) podem ajudá-lo a começar a organizar um site de qualquer tamanho.

Modelo Hierárquico

Estes são possivelmente os tipos mais comuns de estruturas de websites.

Elas começam com um amplo conjunto de informações (páginas principais) que se filtra em informações mais detalhadas (subpáginas).

Algumas vezes essas estruturas são chamadas de árvores e são muito semelhantes aos organogramas das empresas.

Modelo Sequencial

Estes tipos de estruturas são exatamente como o nome diz - eles conduzem os visitantes de um local para o outro através de uma sequência.

Enquanto que uma estrutura hierárquica pode levar os visitantes do site para baixo ou através de outra página principal, estruturas sequenciais só levam o visitante para trás ou para frente de um passo para o outro.

Modelo de Matriz

Embora esta estrutura possa ser não tradicional, nos primeiros anos da Internet, ela era bastante popular.

Uma estrutura do tipo matriz permite aos visitantes do site escolher onde gostariam de ir em seguida.

Em vez de construir uma sequência, ou limitar a navegação com relacionamentos pai/filho, esta estrutura fornece muitos links sob grupos de tópicos com aqueles que acessam na página escolhendo para onde querem ir em seguida.

Modelo de banco de dados

Esta abordagem dinâmica de estruturação do website integra um banco de dados com pesquisa.

Para construir um site como este, você precisará pensar de baixo para cima - etiquetando cuidadosamente os metadados de seu conteúdo com base nos princípios da arquitetura da informação.

Quando feita corretamente, esta estrutura produz um site onde os visitantes podem criar experiências baseadas no que estão procurando.

Por que você deve começar com a estrutura do site

Agora que você conhece um pouco sobre os quatro tipos básicos de estruturas do site, é hora de discutir como usá-las pode ajudá-lo.

Além de facilitar a organização de qualquer projeto de website, a utilização de estruturas do site também pode melhorar a usabilidade.

O processo de criação de uma estrutura de site força um desenvolvedor a pensar em como os visitantes irão navegar por um site. Esta é uma grande diferença em relação à mera reflexão sobre o que será colocado no site.

Quer você use um modelo sequencial simples ou construa uma matriz complicada, você começará pensando em como, ao invés de simplesmente o quê.

As estruturas do site explicam como os usuários navegam através de um site. Isto impacta a usabilidade porque muito dela é baseada na facilidade com que os usuários do site podem encontrar seu caminho através de um site.

Um site altamente utilizável é fácil de navegar (além de outros fatores). As estruturas do site não garantem uma alta usabilidade, mas certamente ajudam com isso.

Você também pode usar sua estrutura do site para criar temas, que podem ser úteis se você construir os mesmos tipos de projetos de sites repetidamente.

Embora você possa trabalhar a partir de seu último site para fazer algo semelhante rapidamente, é muito mais fácil criar um tema geral que você pode personalizar conforme a necessidade.

Talvez você possa até mesmo vender seus temas on-line para designers novatos que precisam de ajuda na estruturação de seus sites. Escolher a estrutura de seu site, entretanto, é a única maneira de começar.

As estruturas do site também beneficiam sites maiores, já que muitas vezes eles precisam de atenção especial quando se trata de navegação.

Quando há muito conteúdo a ser compartilhado, é incrivelmente fácil se tornar esmagador.

Ao escolher a estrutura mais apropriada para sua organização, você pode reduzir o cansaço dos visitantes do site e ajudá-los a mantê-los no site por mais tempo.

Como escolher a melhor estrutura para seu website

Para simplificar, as estruturas do site ajudam no desenvolvimento de sites melhores. Portanto, a próxima pergunta lógica para a maioria das pessoas é: como você sabe qual estrutura usar?

Aqui é quando fica um pouco mais complicado. Você começa por entender para quem você está construindo o site.

Estrutura e audiência do site

Como mencionamos acima, certos sites podem se beneficiar de uma mistura de estruturas de sites com base apenas em seu tamanho.

Entretanto, você também pode querer considerar quem estará lendo o site (além de como ele será utilizado) ao escolher a estrutura de seu site.

Hierárquico

Para a maioria dos usuários do site, o modelo hierárquico funciona muito bem.

Para esta estrutura, as informações são classificadas e apresentadas em ordem lógica.

Uma razão pela qual a maioria das pessoas aprecia este tipo de organização é porque ele é atualmente o modelo on-line mais popular, tornando fácil a navegação simplesmente porque é familiar.

Hierarquias simples funcionam muito bem em sites móveis, onde as opções são limitadas a uma única página e alguns links.

O truque para escolher uma estrutura que resista ao teste do tempo é criar uma que não seja muito rasa ou profunda. Demasiados (ou poucos) subtítulos é uma coisa ruim.

Sequencial

Sites sequenciais são frequentemente associados a sites educacionais, e isto não é surpresa, uma vez que esta estrutura é baseada no estilo utilizado por publicações impressas.

Se você estiver apresentando conteúdo que ensina, naturalmente ocorre em uma ordem lógica (como alfabética), ou se pretende que seja dado cronologicamente, uma estrutura sequencial é provavelmente a melhor.

Também deve ser óbvio que o público pretendido é aquele que procura aprender uma quantidade significativa de informação que é apresentada em várias páginas.

Embora as estruturas sequenciais sigam uma ordem claramente definida e funcionem melhor em sites menores, há espaço para personalizá-las de acordo com as necessidades de sites maiores.

Utilizando alguns dos princípios de estruturas hierárquicas, os programadores podem acrescentar digressões a esta estrutura de sites.

Estas "subpáginas" deixam espaço para adicionar páginas de informação de apoio sem deixar o usuário do site desviar-se de seu objetivo.

Ninguém gosta de clicar em um link apenas para se perder e não saber como voltar (mesmo que intencionalmente). As digressões deixam os visitantes do site vaguear, mas não muito longe.

Matriz e base de dados

Se houvesse uma frase para resumir este tipo de estrutura do site, ela seria: "Entre na matriz, se você ousar".

Não só as estruturas de matriz e banco de dados são mais difíceis de organizar de forma eficaz, como também são complicadas de navegar se você ainda não sabe o que está procurando.

A matriz e a estrutura de banco de dados se baseiam em grandes quantidades de informação e a apresentam como uma teia de dados ou como uma interface simplificada baseada em entradas.

Aqueles que gostam de utilizar processos de pensamento associativo ou não se importam de receber uma grande quantidade de informações de uma só vez, podem aproveitar estes tipos de configurações.

Em web design, uma matriz é frequentemente vista como uma coleção de links para idéias, ou uma nuvem de palavras de tópicos que levam os visitantes aonde precisam estar.

Os projetos de banco de dados dependem de um parâmetro de busca e de informações relacionadas ao usuário.

Estes tipos de sites podem fornecer quantidades incríveis de dados aos usuários; portanto, é preciso ter o cuidado de considerar o quanto é demais.

Quando há um grande número de tópicos para escolher, com pouca ou nenhuma organização, ou nenhuma informação relacionada pode ser encontrada a partir de uma busca, muitas pessoas ficam sobrecarregadas e partem.

Esta probabilidade de causar confusão e perder conexões é a principal razão pela qual a matriz e a estrutura do banco de dados estão reservadas para sites menores, aqueles com leitores que já têm uma grande quantidade de educação em torno do tópico ou organizações que podem investir em filtragem e pesquisa avançada.

Construindo sua estrutura

Agora que você conhece um pouco das estruturas do site, você provavelmente está se perguntando o que deve fazer a seguir.

A resposta curta é: começar a construir um mapa do site.

Precisa de alguma ajuda para começar? Entre em contato conosco via WhatsApp ou envie um e-mail! Estamos a sua disposição!

Mais posts

Quer se atualizar?

A otimização de sites para empresas locais é uma excelente ferramenta para aumentar o reconhecimento da marca, visibilidade e vendas.

Entenda o trabalho que está por trás dos custos de uma campanha de Link Building, e porque os preços dos backlinks são valorizados.

SEO é um dos mais importantes tipos de marketing digital disponíveis, mas é difícil estimar os custos. Conheça os 3 tipos mais comuns de precificação de SEO.

O tráfego orgânico é vital para qualquer negócio e a otimização de site irá lhe ajudar a conduzir visitantes qualificados que querem comprar da sua empresa.

A estratégia SEO é o processo de definição e implementação de passos para melhorar as classificações dos mecanismos de busca e obter mais tráfego orgânico.

Se você está procurando maneiras de expandir seu negócio de comércio eletrônico, aqui estão 5 maneiras essenciais de aumentar a sua receita.

Saiba como usar todo o potencial das mídias sociais a seu favor para divulgar e vender imóveis

Saiba porque ter uma loja virtual, porque ela se tornou fundamental e como melhorar a sua loja online com 4 dicas essenciais.