O que é um site? Sua empresa precisa de um?

Existem muitas razões pelas quais as empresas precisam de um site: informar seus clientes sobre produtos e serviços, para apresentá-las, permitir o contato com diferentes departamentos, entre outros.

Os sites são, sem dúvida, o elemento mais importante da internet.

O termo é frequentemente usado de forma inconsistente, então para deixar claro de uma vez por todas, este artigo responde à pergunta: o que é um site?

A página central de um site é chamada de home page.

Esta é geralmente a primeira página que você vê quando você acessa um site e também pode ser chamada de 'página inicial'.

A partir de agora, o usuário mergulha nas subpáginas do site.

Você precisa do seu próprio site?

Uma presença digital na web permite que conteúdos como textos, imagens e vídeos sejam exibidos na internet.

Existem muitas razões pelas quais os empresários precisam de um site institucional: para informar potenciais clientes sobre produtos e serviços, para representar a empresa, para permitir o contato com diferentes departamentos ou para distribuir mercadorias online.

Para usuários privados, um site lhes dá a chance de participar ativamente em assuntos públicos.

Há também sites pessoais que contêm material informativo ou são usados para entretenimento.

Uma visão geral dos sites mais populares pode ser encontrada abaixo.

Ao colocar um link para o seu próprio site ao lado do seu perfil de rede social, você aumenta as chances de chamar a atenção de potenciais empregadores, partes interessadas ou pessoas com a mesma mentalidade.

Criando um site

Muitas empresas incluem um link para seu site em seus cartões de visita ou em sua assinatura de e-mail.

Quando este endereço é digitado no campo de pesquisa de um navegador (conhecido como localizador de recursos uniforme, URL), a página inicial do site é exibida.

Dependendo do tamanho do site, os visitantes do site têm a oportunidade de acessar as subpáginas do site.

Hiperlinks ou simplesmente 'links' são usados para conectar documentos HTML únicos de um site.

Links para subpáginas importantes (por exemplo, empresa, produtos ou serviços, blog, contato, etc) geralmente estão localizados na navegação e podem ser encontrados no cabeçalho do site.

Eles são exibidos em todas as subpáginas do site e não apenas na página inicial.

A navegação ajuda o usuário a se orientar e ver uma visão geral da estrutura do site.

Links para outras subpáginas também podem ser colocados no texto e elementos de imagem no conteúdo do site.

O rodapé na parte inferior de uma página geralmente contém links para mais informações da empresa, de atendimento e meios de contato.

Sites dinâmicos vs. estáticos

Se o objetivo é que seu site assuma o papel de um cartão de visita digital, então um site estático geralmente será suficiente.

Os documentos HTML com as informações desejadas são criados e armazenados sob sua própria URL no servidor web.

Quando um usuário entra no endereço web, ele é apresentado com um documento HTML estático que se parece exatamente com aqueles armazenados no servidor.

Mas o que acontece quando um site precisa adicionar regularmente novos conteúdos?

Com um site estático, as alterações precisam ser realizadas manualmente no código HTML de cada subpágina individual do projeto web.

Com sites dinâmicos, essa etapa manual é evitada, uma vez que o servidor web gera as páginas recentemente cada vez que são acessados.

Em vez de criar continuamente as páginas HTML estáticas, o servidor ajusta o conteúdo da página automaticamente de acordo com a última atualização.

O site dinâmico é baseado em uma divisão rigorosa do conteúdo e layout.

Ambos os aspectos são montados quando o site é inserido no navegador.

Sites dinâmicos exigem, portanto, mais servidores de alto desempenho do que sites estáticos, bem como um banco de dados como o MySQL, com o qual o servidor pode gerenciar os elementos do site.

Geralmente, sites dinâmicos dependem de layouts e modelos de design pré-definidos, que são preenchidos com conteúdo relevante.

Devido à sua flexibilidade, sites dinâmicos são a escolha mais popular.

O caminho para o seu próprio site

Dependendo do tipo e tamanho do site pretendido, existem três possibilidades para criar um site responsivo.

Costumava ser uma prática comum escrever o código-fonte completo de um site com a ajuda de um editor HTML, mas agora existem muitos kits de construção de sites e sistemas de gerenciamento de conteúdo que fornecem soluções mais confortáveis.

Se você não tiver a experiência de programação relevante, você pode escolher entre uma variedade de provedores altamente especializados, que criam e gerenciam seu site profissionalmente por uma taxa razoável.

Construtor de sites: o bloco inicial para sua presença na web

Você não precisa ser um especialista em programação para criar seu próprio site na internet.

Com a ajuda de um construtor de sites, você pode ter seu próprio site funcionando em apenas alguns cliques, escolhendo um dos muitos modelos e designs prontos.

Esses sistemas de construção de sites podem ser ajustados dentro das opções predefinidas em um editor "o que você vê é o que você recebe".

Todas as alterações que você fizer podem ser vistas usando a função de visualização na tela.

Uma vez que o layout esteja pronto, as páginas da Web individuais podem ser preenchidas com conteúdo, como texto, imagens ou vídeos.

Se a construção do site for usado em combinação com um serviço de hospedagem web, o site finalizado pode ser imediatamente colocado online.

Criar um site usando um sistema pronto oferece inúmeras vantagens: eles podem ser projetados sem o conhecimento de programação.

Os ajustes podem ser realizados facilmente através do editor.

Uma desvantagem, no entanto, é a flexibilidade limitada do sistema de kits de construção, uma vez que é limitado apenas às configurações de design padrão e apenas para sites estáticos.

Sistemas de gerenciamento de conteúdo: web design para os mais avançados

Se você se sentir pronto para se aprofundar um pouco mais na criação de site, e não tiver medo de linguagens de programação como HTML ou PHP, você pode usar um sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS) para garantir flexibilidade.

Quando instalado em um servidor web, um CMS gerencia o conteúdo do site separadamente do modelo de design em um banco de dados e gera um site dinâmico com cada acesso ao usuário.

Os sistemas de gerenciamento de conteúdo são populares tanto para uso pessoal quanto para os negócios, uma vez que o CMS altamente eficiente está disponível como software de código aberto e, portanto, é geralmente gratuito.

Os líderes de mercado incluem WordPress, Joomla, Drupal e Typo3 para os quais existem muitos modelos e plugins disponíveis online que permitem personalizar seu site.

Conteúdos como textos, imagens e vídeos podem ser atualizados usando um editor, que é semelhante a um sistema de construção de sites.

Este tipo de CMS é chamado de "front end".

As tarefas editoriais podem ser realizadas com um CMS, mesmo por aqueles que não são os mais proficientes em informática.

A operação segura do site inclui mais do que apenas instalar software e, portanto, um CMS deve ser sempre supervisionado por um administrador.

Essa tarefa envolve realizar atualizações de software e cuidar do desempenho do sistema de gerenciamento.

O administrador trabalha no back-end e, portanto, é essencial ter conhecimento básico da linguagem de programação relevante do CMS.

Sites HTML programados: a solução profissional

Se você quiser uma personalização completa do seu site, você tem que programar o código-fonte do documento HTML ou os modelos pessoais do CMS do zero.

Esta opção só está realmente disponível para usuários privados se eles tiverem o conhecimento necessário ou estiverem dispostos a adquiri-lo.

Muitas empresas terceirizam a criação de sites institucionais em vez de contratar especialistas.

Um site estático muito simples pode ser criado se você tiver conhecimento básico de HTML e CSS (folhas de estilo em cascata).

Desta forma, você pode ver em qualquer ponto o efeito que o código-fonte tem na estrutura, layout e elemento de design responsivo do site.

Uma vez que os sites profissionais devem corresponder a certos padrões de segurança, bem como aspectos ópticos e funcionais, recomenda-se obter ajuda de um programador, web designer ou uma agência de web design relevante quando se trata de um site de negócios.

O que é importante para o seu próprio site?

Colocar conteúdo online é mais fácil do que nunca, mas antes de um site ficar online, você deve verificar cada subpágina individual para obter segurança jurídica para evitar confrontos legais, o que pode ser caro.

Direitos autorais online: As leis de direitos autorais também existem online.

Se você incluir textos, imagens, vídeos ou arquivos de música em seu site sem antes pedir permissão, você se torna passível de processo.

Você só pode usar material protegido por direitos autorais com o consentimento do titular dos direitos.

O software também se enquadra na categoria de direitos autorais e o uso de um modelo pode causar problemas se o programador não o tiver disponibilizado explicitamente para uso gratuito.

Precisa de um site profissional?

Caso sua empresa necessite de um site profissional, entre em contato com nossa agência.

Estamos a disposição para ouvir suas ideias, o que necessita e lhe oferecer o melhor caminho para a criação do seu site.

Mais posts

Quer se atualizar?

A otimização de sites para empresas locais é uma excelente ferramenta para aumentar o reconhecimento da marca, visibilidade e vendas.

Entenda o trabalho que está por trás dos custos de uma campanha de Link Building, e porque os preços dos backlinks são valorizados.

SEO é um dos mais importantes tipos de marketing digital disponíveis, mas é difícil estimar os custos. Conheça os 3 tipos mais comuns de precificação de SEO.

Conheça os 4 tipos mais comuns para organizar as páginas do seu site e ter um excelente resultado na navegação e usabilidade dele.

O tráfego orgânico é vital para qualquer negócio e a otimização de site irá lhe ajudar a conduzir visitantes qualificados que querem comprar da sua empresa.

A estratégia SEO é o processo de definição e implementação de passos para melhorar as classificações dos mecanismos de busca e obter mais tráfego orgânico.

Se você está procurando maneiras de expandir seu negócio de comércio eletrônico, aqui estão 5 maneiras essenciais de aumentar a sua receita.

Saiba como usar todo o potencial das mídias sociais a seu favor para divulgar e vender imóveis