Como Criar um Site Profissional em 2022

Com toda a concorrência on-line, não é suficiente ter apenas um site. Separamos 12 dicas que lhe mostrarão como tornar seu site fácil de ser encontrado e utilizado por potenciais clientes.

Hoje em dia, uma presença on-line é vital para qualquer negócio, mesmo para aqueles que são pequenos e possuem poucas páginas.

Criar um site não é especialmente difícil com as muitas ferramentas de criação de sites disponíveis. Qualquer que seja o software ou plataforma que você escolher, ou até um site apenas em HTML, tenha estes princípios de design, programação e conteúdo em mente.

Separamos 12 dicas que lhe mostrarão como tornar seu site fácil de ser encontrado e utilizado por potenciais clientes.

1. Faça com que seu site seja responsivo

A capacidade de resposta móvel é fundamental para que um site seja eficaz. Os adultos passam mais de cinco horas em seus telefones celulares todos os dias, enquanto mais de um terço faz todas as suas compras on-line através de um dispositivo móvel.

É desnecessário dizer que o site móvel de sua empresa deve oferecer uma experiência positiva para o usuário.

Se clientes potenciais acessarem seu site, mas acharem difícil ler ou navegar em um dispositivo móvel, eles podem simplesmente abandoná-lo e optar por um concorrente.

Além disso, uma experiência de usuário móvel negativa afeta seu site na classificação dos motores de busca, tornando mais difícil para os usuários encontrar através de uma busca no Google - o que nos leva ao nosso próximo ponto.

2. Facilite a busca com um nome de domínio fácil

Você precisa de um nome de domínio que corresponda ao nome de sua empresa ou que descreva seu negócio de alguma forma.Você pode até mesmo ter vários domínios que apontam para o site.

Isto significa incorporar as melhores práticas técnicas de SEO, pesquisa de palavras-chave, marketing de conteúdo e campanhas publicitárias pagas para direcionar o tráfego para seu site.

3. Coloque suas informações de contato no topo

Se sua empresa depende de pessoas que possam entrar em contato com você ou ligar para sua equipe de vendas, coloque essas informações onde elas possam encontrá-las facilmente.

Suas informações de contato devem estar visíveis, de preferência no topo da página inicial, para que os visitantes não tenham que procurar um número de telefone ou endereço se quiserem entrar em contato com a empresa.

Se você usa a mídia social para se conectar com os clientes, coloque seus links sociais no cabeçalho ou rodapé do site, onde eles são facilmente encontrados.

4. Facilite a navegação

Dan Veltri, co-fundador e diretor de produtos da Weebly, aconselha limitar seu menu de navegação de nível superior a cinco abas claramente rotuladas, com páginas relacionadas organizadas sob elas.

Você também deve oferecer uma maneira clara de voltar para a página inicial, não importa onde seus leitores acessem seu site. Muito freqüentemente, uma busca no Google pode levar seu leitor a uma página em seu site que não seja a página inicial.

5. Mantenha suas páginas em contexto

Quem visita o seu site precisa ser capazes de colocar a informação em contexto.

Se um site tem muita informação, ele sobrecarrega a mente, tornando-a incapaz de reter ela.Certifique-se de usar um bom equilíbrio de texto e gráficos que apresentem uma página limpa.

Uma maneira de mantê-la simples é remover elementos desnecessários e que são utilizados de forma errada, como widgets de redes sociais, feed delas em seu site, entre outros que não suportam o propósito da página.

6. Certifique-se de que esteja correto

Não é necessário dizer que informações imprecisas irão transmitir desconfiança dos consumidores, quer seja um número errado, informações desatualizadas do produto ou simples erros gramaticais.

Você não deve só revisar cada página antes de entrar em funcionamento, mas também verificar periodicamente cada página, especialmente depois de fazer atualizações em qualquer outro lugar.

7. Diminuir a velocidade de carregamento do site

Um estudo da empresa de marketing digital Akamai descobriu que 88,5% dos usuários da web deixarão um site se ele carregar muito lentamente. Além disso, o tempo que leva para carregar uma página afeta as decisões de compra de quase 70% dos compradores online.

Certifique-se de que seu site funcione sem problemas mantendo o software atualizado, otimizando vídeos e imagens para downloads mais rápidos e usando uma hospedagem de site que possa lidar com suas demandas de largura de banda.

Recomendamos sempre para para hospedagem de site o uso de VPS, pois é o tipo de hospedagem com melhor custo x benefício, para que ele tenha uma performance melhor de recursos no geral.

8. Tenha uma chamada para ação (CTA)

Cada página de seu site deve induzir o leitor a fazer algo. Em outras palavras, você precisa chamá-los para a ação.

Estas páginas de destino devem encorajar os usuários a tomar uma certa ação, como ligar para sua empresa, assinar um serviço, comprar um produto, baixar um aquivo ou fazer algo mais que beneficie seus objetivos comerciais.

Faça um convite perceptível para tomar a ação: um botão, um link, ou uma chamada clara.

Mantenha-o acima da dobra se possível para que os leitores não tenham que rolar antes de encontrar a chamada para a ação.

9. Mantenha seu site simples

Limite o uso de fontes, cores e GIFs, que podem distrair e afastar os olhos do foco do site.

Parágrafos curtos e lista de itens também tornam a informação mais escaneável e provável que seja lida. Ian Lurie, CEO da empresa de marketing da Internet Portent Inc., sugere manter os parágrafos mais curtos do que seis linhas.

Isto é especialmente importante quando se trata de reatividade móvel, que é um fator importante na forma como o Google classifica os sites em seu algoritmo.

Quanto melhor o ranking de um site, mais alto ele aparece na página de resultados do mecanismo de busca (SERP).

Se um concorrente é amigável ao celular e seu site não é, você pode perder posições nos resultados de busca, diminuindo as chances de ser encontrado por seus clientes.

10. Seja pessoal

Assim como as empresas investem fortemente em suas fachadas de lojas para representar suas imagens de marca, os varejistas de comércio eletrônico precisam criar experiências on-line de alta qualidade.

Para isso, sua página Sobre Nós não deve ser um bloco seco de texto sobre sua empresa. Emily Brackett, presidente da empresa de design e branding Visible Logic, recomenda incluir uma boa foto sua ou de sua equipe para personalizar a experiência para seus clientes.

11. Certifique-se de que seu conteúdo esteja orientado para o cliente

Clientes em potencial vêm ao seu site para obter informações que lhes sejam úteis.

Algumas vezes eles vêm por conteúdo educacional em seu blog e outras vezes eles estão focados em pesquisar os produtos e serviços que você vende.

De qualquer forma, você deve apresentar informações relevantes que envolvam seus clientes em potencial, lhes dêem algo de valor e lhes inspirem confiança em sua experiência.

Quando você estiver planejando o conteúdo de seu site, tente pensar sobre isso do ponto de vista do cliente.

Se você fosse um cliente em potencial, quais informações seriam úteis para você? Que nível de conhecimento ou experiência você já teria, e o que precisaria ser explicado com mais detalhes?

Ao se concentrar em seu conteúdo do ponto de vista do cliente, você pode mantê-lo em seu site por mais tempo e é mais provável que crie com ele um relacionamento de longo prazo que resulte em uma venda.

Não é um escritor? Não há problema; basta terceirizá-lo para um redator profissional.

12. Incorporar as melhores práticas de SEO

Você pode ter o melhor site em sua área de atuação, mas não adianta nada se as pessoas não conseguirem encontrá-lo.

Embora você possa gastar dinheiro em anúncios para levar os potenciais clientes ao seu site, é mais econômico e eficaz a longo prazo para trazer tráfego de busca orgânica gratuita ao seu site.

Quando as pessoas estão procurando informações on-line, elas vão aos mecanismos de busca, especialmente ao Google.

Normalmente, elas encontram o que estão procurando na primeira página dos resultados de busca, de modo que é onde você quer que sua empresa apareça.

O Google e outros mecanismos de busca têm seus próprios algoritmos que utilizam para classificar os sites em termos de busca, que foram muito impactados com as últimas atualizações dele.

Os mecanismos de busca usam três maneiras de determinar onde sua listagem aparece: rastreando, indexando e classificando.

Rastrear significa que eles encontram seu site através de links de outros sites. Portanto, certifique-se de que os links para seu site apareçam no maior número possível de sites externos e que sejam relacionados ao seu nicho.

Depois que seu site é descoberto pelos bots de rastreamento, ele é indexado, o que significa que ele é analisado quanto ao conteúdo, incluindo palavras-chave, se ele é recente, relevante, os links e mídias.

Certifique-se de que seu site tenha muito conteúdo novo e relevante relacionado às palavras-chave para as quais você deseja classificar.

Finalmente, a classificação é como os mecanismos de busca determinam os melhores resultados para uma determinada busca.

A classificação é baseada na experiência, autoridade e confiança que o Google possui em seu site.

Inclua muito conteúdo relevante, como artigos individuais sobre diferentes aspectos de um tópico específico.

A autoridade é estabelecida pelo tamanho de seu site, seu tráfego e quantos outros sites bem respeitados se conectam ao seu.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco. Estamos a sua disposição.

Mais posts

Quer se atualizar?

Não sabe avaliar um link que realmente faça diferença no posicionamento do site? Saiba a importância, diferença e como obter backlinks.

Como a ocupação não é regulamentada, qualquer pessoa que tenha senso estético e paixão por tecnologia pode se aventurar no ramo

Confira algumas dicas de como aumentar as vendas de um brechó online através da divulgação online e bom atendimento

A otimização de sites para empresas locais é uma excelente ferramenta para aumentar o reconhecimento da marca, visibilidade e vendas.

Entenda o trabalho que está por trás dos custos de uma campanha de Link Building, e porque os preços dos backlinks são valorizados.

SEO é um dos mais importantes tipos de marketing digital disponíveis, mas é difícil estimar os custos. Conheça os 3 tipos mais comuns de precificação de SEO.

Conheça os 4 tipos mais comuns para organizar as páginas do seu site e ter um excelente resultado na navegação e usabilidade dele.

O tráfego orgânico é vital para qualquer negócio e a otimização de site irá lhe ajudar a conduzir visitantes qualificados que querem comprar da sua empresa.